5 de junho de 2010

pão, favas e pensos de nicotina

se for à rua comprar o pão para o pequeno-almoço e voltar com uma caixa de pensos de nicotina, isso não é impulso, é talvez burrice pura, porque no momento exacto em que abro a caixa, retiro o penso, corto a embalagem e me preparo para o colar ao corpo a vontade de fumar um cigarro é tanta que estou prestes a subir paredes. passaram seis horas desde o último cigarro que eu não sabia que era último mas que se transformou em último depois de perceber, às cinco da manhã, mesmo antes de adormecer, que já estava com sintomas de ressaca, eu que me mantive mais ou menos sóbria, pelo menos o suficiente para conduzir até casa. era ressaca de tabaco, os pulmões cheios de fumo e a cabeça pesada, pesada. dormi quatro horas e meia, para grande irritação diga-se, e fui comprar pão, favas e pensos de nicotina.

7 comentários:

Margarida disse...

Só de ler os sintomas de ressaca, prometi a mim própria nunca ir comprar pão, favas e - sobretudo - pensos de nicotina.

MRPereira disse...

Assim de repente, numa pergunta talvez demasiado intimista para quem não te conhece de lado nenhum... Quantos cigarros fumas tu por dia para já estares nesse lindo estado?

É que eu fumo dez cigarros por dia e se num dia não tiver que fumas, não fumo. Mas no dia a seguir tenho vontade, confesso... Não sei se consigo largar o vício, porque gosto de fumar... Mas não, não sou capaz de viver dependente do cigarrinho...

Kiss

Jo disse...

eu faco dentro de hora e meia mais coisa menos coisa 7 dias sem fumar! e ainda nao sofri nenhum efeito secundario

Sal disse...

Não vá, dona margarida, não vá!

MRP, ontem foi um maço e meio, mais coisa menos coisa. E se for preciso passo 18 horas sem fumar, como já passei dentro de um avião. O problema é pensar que tem que ser definitivo...

Jo, define efeito secundário...

Rita Maria disse...

Obrigada, obrigada, obrigada!

Sal disse...

de nada Rita :)

Maria disse...

É um vício tramado, sim. Também eu ando a pensos de nicotina, chupas, rebuçados e pastilhas de mentol e há noites... ai caraças, há noites em que até me trinco toda.

Aguenta firme sister.