14 de agosto de 2010

porque isto é um blog de gaja

estou para aqui a dar voltas à cabeça, nada de muito intenso, porque com um olho no computador e outro no forno, com o que leva um gajo a mandar uma mensagem no ‘day after’ a explicar que há coisas que precisam de ser resolvidas antes que novas pessoas entrem em cena. é a típica mensagem ‘he's just not that into you’, mas em modo despropositado porque que te lembres também não deste sinais de que querias outra coisa. é certo que o álcool já te tinha subido à cabeça, que os saltos de sete centímetros se dão mal com a calçada portuguesa e as 3h30 da manhã talvez tenhas apoiado o teu braço no dele à procura de equilíbrio, mas e daí?

é certo que está cientificamente provado, se não está devia, que não há homens disponíveis, e os que existem tem obrigatoriamente defeito, caso contrário não estariam disponíveis, mas um primeiro encontro não é necessariamente meio caminho andado para levar alguém para a cama, perdoem-me se sou old fashion, nem um pedido ou tentativa de qualquer coisa mais. um velho amigo dizia-me com frequência que não pode existir verdadeira amizade entre um homem e uma mulher se houver o mínimo de atracção física, se bem me lembro ele dizia mesmo que só podia existir verdadeira amizade se houvesse alguma repugnância nesse campo, ontem voltei a confirmar que ele sempre esteve errado nesta matéria. porque o que vi e o que conheci permitiu-me manter o fascínio que já vinha de há muito tempo, mas sem a mínima vontade que isto seja mais do que uma amizade. e depois lá veio a mensagem com o blá blá blá, a legenda do 'he's just not that into you', e uma mulher fica a pensar que há gajos que simplesmente não entendem que não somos todas iguais, nem queremos todas o mesmo.

2 comentários:

G* disse...

BOAAA! Eles é que perdem...um cursinho de bons entendedores não lhes ficava mal...

tartes de maçã e cerveja disse...

Eu sei que isto já foi em Agosto, mas em Outubro também acontecem coisas destas. Mais que o "he's just not that into you", o importante é "run forrest run".
Espero que agora em Outubro não estejas na mesma situação.

Uma nova leitora