3 de novembro de 2009

farta de jogos

Karen Collins

dos quais não sei as regras. era tudo tão mais simples se as pessoas fossem sinceras e transparentes. Ai.

2 comentários:

Miguel disse...

Para alguns isso é impossivel!
Não sobreviveriam...

Anónimo disse...

tambem nao percebo pq as pessoas gostam tanto de jogar. jogam no trabalho, no amor na amizade enfim...constantemente a jogar e esquecem de ser naturais e de sentir o prazer das coisas que acontecem pq assim tem k acontecer e nao pq fizemos jogadas para k assim fossem....titass